Câmara

Joana de Oliveira receberá título de cidadã itapevense

Por gabinete de Débora Marcondes

Publicado em 19/05/2017 08:57
Na terça-feira 30, Joana de Oliveira receberá o título de cidadã itapevense. A honraria será concedida pela vereadora Débora Marcondes (PSDB), autora da propositura. A cerimônia será realizada às 20h.

Breve currículo da homenageada

Joana de Oliveira, nascida em 14 de julho de 1961, na cidade de Itapetininga/SP, filha do Farmacêutico Sr. Manoel Morais de Oliveira, (in memorian), o qual é autor do livro Crônicas do Cotidiano, e da Sra.Claudina de Freitas Oliveira, costureira (in memorian). Tem quatro irmãs: Anita, Lucy, Nancy e Juliana. Quando Joana tinha um ano de idade a família vem residir no Município de Itapeva, fixando residência na Vila Aparecida.

Mãe de Pedro Vinícius Nogueira, o qual é casado com Priscila Moreira, Marcelo Henrique Nogueira, o qual é casado com Carla Aparecida da Silva Andrade e Mariana Nogueira. Além dos lindos netos: Lorena de 8 anos, Davi de 6 anos, Ana Júlia de 3 anos, Felipe de 2 anos e Lucas Henrique de sete meses.

Em 1983, concluiu graduação em Serviço Social pela Pontifícia Universidade de Campinas e posteriormente se tornou: Especialista em Saúde Pública em Educação em Saúde pela Faculdade São Camilo/SP e Especialista em Saúde da Família e Saúde Coletiva pela Universidade São Caetano do Sul.

No período de 1980 a 1990, exerceu o cargo de analista de Recurso Humanos no Grupo Pão de Açúcar na cidade de Campinas.

Em 1990 ingressou no quadro efetivo de Servidores da Prefeitura Municipal de Itapeva, onde exerce até hoje o cargo de Assistente Social, na Secretaria Municipal da Saúde, sendo responsável pelo setor de Programas Sociais na Saúde.

Além desse trabalho começou a exercer a função de Orientadora de Medidas Socio-Educativas para jovens, no Projeto Anjo da Guarda, executado pela ACM - Associação de Moços, no qual graças a seu trabalho na época recebeu prêmio de "Inovação Social, indicado pelo CEPAL "Comissão Econômica para Desenvolvimento da América Latina e Caribe".

Joana sempre foi uma pessoa participativa nos Conselhos Municipais e colaboradora da rede de atendimento, ajudando em 2010 na execução do Diagnóstico Municipal da Situação da Criança e do Adolescente em Itapeva, através do CMDCA.

Em 2015 assumiu Coordenação do Projeto Viver "Um olhar para a prevenção da mortalidade infantil no município de Itapeva", no qual diante do excelente trabalho desenvolvido conquistou diversas ações e parcerias, conseguindo prorrogar o financiamento do projeto por mais um ano.

Joana é também articuladora local da Redesans - Rede social de articulação da Academia (Universidade) com os movimentos Populares e em defesa do direito humano a alimentação saudável, adequada e solidaria, executado pela Fundação do Instituto de Biociências da UNESP Botucatu. Sendo Tutora EAD, Redesans- Capacitação Interanutri Agente

Joana é membro do: Comasi-Conselho Municipal de Assistência Social, Comitê de mortalidade Materna e Infantil, Comitê do Plano Decenal do Direitos Humanos da Criança e do adolescente.
Em seus trabalhos voluntários foi Sócia-Fundadora da AVACCI - Associação dos Voluntários e Combate ao Câncer de Itapeva e hoje exercer o trabalho voluntario no Fundo Social de Solidariedade, no em atendimento a pacientes em situação de cuidados paliativos, além de ser voluntária no programa de visitas a idosos

Diante do explano acima, é nítido que Joana é um ser humano fantástico, e que contribui para o desenvolvimento social de Itapeva, uma funcionária pública exemplar que além de desenvolver suas atividades, exerce com cidadania e amor ao próximo, através de diversos trabalhos voluntários além de ser muito participativa em diversas ações sociais dentro do Município. Sendo referência de Assistente Social em Itapeva.



-- 

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação da Assessoria da Câmara e do autor. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV Câmara de Itapeva e, caso estejam explicitados, os autores.

A falta dessas informações implicará no crime de plágio e direitos autorais em vigor por meio da Lei Federal nº 9.610/98.

Busca de notícias

Notas

Notícias

Proposituras

Procure aqui

Siga-nos