Câmara

Câmara realiza solenidade em comemoração ao aniversário de Itapeva

Por Assessoria da Câmara

Atualizado em 21/09/2017 14:20
Na quarta-feira 20, a Câmara Municipal de Itapeva realizou solenidade em comemoração aos 248 anos da Cidade. A cerimônia teve início às 18h40 e foi realizada no Plenário da Câmara.
História
O nome da cidade vem do tupi guarani e quer dizer pedra chata, por causa do relevo da cidade. O município era ponto de comércio de animais de grande porte. Eles hibernavam. Itapeva era o local de descanso e engorda desses animais.
Um dos mais locais mais históricos do município é a Avenida Acácio Piedade, que foi bastante usada como caminho dos tropeiros. Apesar de estar situada no Estado de São Paulo, Itapeva tem grande ligação com o Paraná por causa da proximidade.
Outro ponto histórico é a catedral de Sant’Ana. Construída em 1785, somente 16 anos depois da fundação do município. O prédio está no Centro e é considerado o monumento mais antigo da cidade. Ele foi construído inteiramente em taipa de pilão.
Lenda da serpente
A origem da lenda teria sido baseada em uma versão indígena que explicava o inexplicável, por meio de símbolos e fantasias.
Segundo a versão indígena, existiria uma grande serpente no subsolo de sua aldeia (local da cidade de Itapeva) que se moveria de tempos em tempos ou a cada transgressão de algum elemento da tribo.
Outra hipótese é que a lenda nasceu de um romance proibido entre um padre (vigário) e a filha do coronel. De acordo com a lenda no subsolo da cidade vive uma serpente que já andou assombrando muitas gerações. O rabo do gigantesco animal estaria em um ponto da cidade, passando pela Prefeitura e indo até a Catedral de Sant’Ana.
Honrarias
Durante a sessão foram entregues honrarias à Lira Itapevense pelos 55 anos de existência e trabalhos sociais com os jovens por meio da arte. A Lira foi fundada em 20 de setembro de 1962 e se tornou referência musical não só em Itapeva como em outras localidades.
O outro homenageado da noite foi Luiz Carlos Motta, presidente da Federação dos Comerciários de São Paulo (FECOMERCIÁRIOS). Motta criou-se em Tupã, cidade onde estudou, constituiu família e iniciou sua trajetória ao se filiar no Sindicato dos Empregados no Comércio, no qual desempenhou várias funções. Hoje, ocupa o cargo de tesoureiro e de delegado federativo.
Em 2012, representou os trabalhadores brasileiros como delegado titular da 101ª Conferência da Organização Internacional do Trabalho (OIT), organismo da ONU, com um discurso baseado no Trabalho Decente e na Justiça Social. 

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação da Assessoria da Câmara e do autor. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV Câmara de Itapeva e, caso estejam explicitados, os autores.

A falta dessas informações implicará no crime de plágio e direitos autorais em vigor por meio da Lei Federal nº 9.610/98.

Busca de notícias

Notas

Notícias

Proposituras

Procure aqui

Siga-nos