Câmara

Sorteada do Minha Casa, Minha Vida reclama de problemas cadastrais da Prefeitura

Por Assessoria da Câmara- Deborah Ramos

Publicado em 24/08/2018 09:20
Nesta quinta-feira 23, Giovana Florêncio fez uso da Tribuna do Povo e explanou para os edis, durante a sessão, os problemas que tem enfrentado devido a um erro cadastral da Prefeitura.
Florêncio entrou com uma ação na Justiça Federal em 2015, pois na época um erro no Cadastro Único do Executivo, acabou retirando-a do grupo de titulares do Minha Casa, Minha Vida. Após entrar com a ação, a sorteada ganhou tutela, bem como o aluguel social, enquanto aguardava o distrato do imóvel.
Agora o imóvel, localizado no residencial Morada do Bosque, foi invadido e sem previsão para que Florêncio consiga uma casa no local. A sorteada entregou um ofício à Câmara, a fim que os vereadores fiscalizem e tomem medidas para essa situação.

A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação da Assessoria da Câmara e do autor. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV Câmara de Itapeva e, caso estejam explicitados, os autores.

A falta dessas informações implicará no crime de plágio e direitos autorais em vigor por meio da Lei Federal nº 9.610/98.

Busca de notícias

Notas

Notícias

Proposituras

Procure aqui

Siga-nos